Da bagunça à descoberta da cidade maia

Pamela Gouveia | 13 de maio de 2016

Dona Claudine está imersa na maior bagunça. Botou o armário abaixo, mas não encontra o que precisa. Enquanto ajuda a arrumar a confusão da vizinha do 8o andar, Elisa conta a história de William Gadoury, um rapazinho curioso de 15 anos que teve uma ideia brilhante. Interessado pela civilização maia, que viveu na região onde hoje é o sul do México, Guatemala e Belize, entre os anos 800 e 1000 d.C., ele sobrepôs os mapas de 22 constelações com imagens do Google Maps. Comparando os dados, Gadoury encontrou uma antiga cidade maia, que estava perdida dos registros. Segundo o Jornal de Montreal, que noticiou o feito em primeira mão, William apresentou sua hipótese para a Agência Espacial Canadense que, com a ajuda da NASA e da Agência Espacial Japonesa, comprovou a descoberta da cidade.



Deixe uma resposta