TV UFBA

Luis Nassif, Mariluce Moura, Raimundo Pereira e Emiliano José

O Fórum Social Mundial está em andamento na Universidade Federal da Bahia, UFBA. O evento que se propõe a discutir outras formas de produzir, criar e viver – contra-hegemônicas, mais fraternas, justas e solidárias – tem como palavra de ordem, nesta edição, resistir.

Na quarta-feira, 14 de março, dentro das atividades propostas pela Universidade para o Fórum, aconteceu a mesa “A imprensa popular na época das fake news”, com palestras dos jornalistas Luis Nassif, do portal GGN; Raimundo Pereira, decano da imprensa alternativa no Brasil; e Emiliano José, ex-deputado federal e escritor e mediada pela jornalista Mariluce Moura, professora da UFBA e fundadora do Ciência na rua.

A abertura do debate não podia ser outra. A capa da revista científica Science, da quinta-feira, 08 de março, trazia de forma inédita a questão das notícias falsas e de como as mentiras se espalham pela rede e ganham corpo na sociedade.

Cada um dos debatedores foi apontando seu ponto de vista e – de forma leve e descontraída – foram mostrando como se constroi a realidade através do embate das verdadeiras notícias e das fake news.

A íntegra dessa mesa, transmitido pela TV UFBA via Youtube, você pode assistir aqui:

 

*O termo notícias fraudulentas foi recomendado pelo professor e jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva. A explicação e novas reflexões sobre o tema tão atual estão no artigo ‘Fake news’, eleições e democracia, do jornalista Eugênio Bucci, professor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), publicado na terça-feira, 15 de março de 2018, no jornal O Estado de São Paulo.