O Parque do Estado, em São Paulo, foi o palco de um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e do Instituto Butantan. Os cientistas descobriram que ali vivem jararacas gigantes, 50% maiores que as cobras comuns da mesma espécie.

Liderada pelo biólogo Lucas Henrique Carvalho Siqueira, da Unesp de São José do Rio Preto, a pesquisa buscou entender por que as cobras do Parque são tão maiores.

Além disso, o estudo inspirou Dona Claudine a procurar uma armadilha para capturar a vizinha do apartamento 2B que, segundo a velhinha, é uma serpente que dá em cima dos maridos do condomínio!