A nave InSight, da Nasa, pousou em segurança na superfície de Marte nesta segunda-feira, 26, pouco antes das 18h de Brasília. A missão será a primeira a estudar o interior de outro planeta.

NASA

Primeira foto de Marte enviada pela nave InSight

Depois de pousar, a nave tirou uma foto, ainda com a proteção empoeirada da lente. Em seguida, deu início às operaçnoes de solo, cuja primeira tarefa da nave foi abrir seus painéis solares para garantir a energia necessária para a missão. Nos próximos dias, a nave irá avaliar os entornos de onde se encontra (na Elysium Planitia) e definir os melhores lugares para espetar seu sismômetro e enfiar sua sonda. O sismômetro, que deverá estar instalado em 3 ou 4 semanas, registrará tremores no solo marciano, visando a maior compreensão da estrutura do planeta e, assim, os motivos para ele ter se desenvolvido de forma tão diferente da Terra, apesar de serem semelhantes quando surgiram. A sonda, instalada de uma a duas semanas depois do sismômetro, registrará a condutibilidade térmica desse solo e o quanto ainda flui de calor do centro para a superfície do planeta – a temperatura do solo pode influenciar na existência ou não de microrganismos. A nave levou ainda uma estação meteorológica para monitorar as condições à sua volta.

Se tudo correr como previsto, a missão durará cerca de dois anos, e as informações que obtiver poderão alterar bastante os livros de ciência.