Dona Claudine Zoião

Pamela Gouveia | 14 de outubro de 2016

Olhando pelo olho mágico, Eliso toma um susto: o olho enorme de Dona Claudine bem ali. A octogenária encasquetou que caiu algum cisco, ou resto de maquiagem, e agora a retina vai descolar. Com a calma e a paciência tradicional, enquanto investiga a córnea, a linha d’água e íris da velhinha, a vizinha vai narrando a proeza dos três ex-alunos da Universidade de São Paulo em São Carlos que desenvolveram um equipamento que faz exames oculares usando smartphones. Acompanhe!



Deixe uma resposta