Equipe de artes do Ciência na rua

A marcha dos pinguins, dona Claudine na frente e as aves, dançando sincronizadas, atrás

Dona Claudine ama pinguins! Voltou da rua 25 de março, região popular de compras em São Paulo, achando que a multidão consumidores pareciam com as populações de aves do continente gelado.

Mal sabia que cientistas liderados por Tom Hart, da Universidade de Oxford, no Reino Unido descobriram um enorme grupo de pinguins-de-adélia (Pygoscelis adeliae) no ponto mais ao norte da península da Antártida.

Parece mesmo com a Ladeira Porto Geral, que fica ao lado da rua 25 de março: mais de 1,5 milhão de pinguins foram notados num arquipélago rochoso chamado de Ilhas Danger. Ouça aqui: