A calvície afeta cerca de metade dos homens até os 50 anos de idade, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), e é um problema que até hoje não tinha uma solução médica definitiva. Dona Claudine, por exemplo, acha que está ficando careca.

A boa notícia é que cientistas descobriram uma potencial cura para ela usando um remédio originalmente criado para tratar outras questões de saúde.

Durante testes de laboratório, os cientistas identificaram que a droga teve um efeito forte sobre os folículos pilosos, estimulando-os a crescer. Ela contém um componente que tem como alvo uma proteína que atua como um freio no crescimento do cabelo e seria uma das responsáveis pela calvície.

A pesquisa, publicada na revista médica PLOS Biology, foi feita por pesquisadores, da Universidade de Manchester, liderados por Nathan Hawkshaw.