ESPAÇO BIOTA FAPESP

Chamada para o BIOTA Educação termina no dia 31

Pamela Gouveia | 18 de março de 2016

O Programa FAPESP de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade (BIOTA) recebe propostas para selecionar e apoiar projetos de pesquisa que contemplem a área de educação em biodiversidade, até o dia 31 de março. A área de educação em biodiversidade é uma das prioridades do BIOTA/FAPESP.

O objetivo da chamada de propostas do BIOTA-FAPESP: Educação é apoiar projetos de estudos e pesquisas relacionados aos diferentes níveis e modalidades da educação e da comunicação, de forma articulada aos interesses do programa. Entre os objetivos está a melhoria do conhecimento básico de ciência dos estudantes brasileiros, com a criação de uma nova mentalidade sobre a importância da ciência para o Brasil.

O foco da chamada inclui:

a) pesquisa sobre implicações da multiplicidade de sentidos (científicos, de políticas públicas e bioprospecção, por exemplo) do termo biodiversidade no campo da educação para a formação do cidadão;

b) pesquisa sobre a relação entre a mudança de paradigma na pesquisa em biodiversidade e as potencialidades para alterações na biologia escolar e nos processos de ensino e aprendizagem;

c) pesquisa sobre a função científica e histórica dos processos, métodos e teorias de produção de conhecimento em taxonomia e sistemática e suas ressignificações/apropriações/conexões para educação;

d) pesquisa sobre as implicações sociais, éticas e culturais das exposições e demais artefatos de comunicação científica e funcionamento de Museus e as mídias que tematizam biodiversidade

e) pesquisa articulada às ações educativas em museus e demais espaços de comunicação científica, na temática da biodiversidade.

f) pesquisa que resulte em material didático sobre biodiversidade adequado para os ensinos fundamental e médio.

Segundo texto da chamada, o programa espera que as atividades de pesquisa nessas áreas possam gerar novos conhecimentos e formar recursos humanos altamente qualificados, essenciais para aprimorar o ensino e conscientização sobre a importância da biodiversidade para a qualidade de vida humana das sociedades contemporâneas. O uso de estratégias experimentais inovadoras será considerado relevante para a análise das propostas.

As propostas podem ser apresentadas nas linhas de fomento Auxílio à Pesquisa – Regular, Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático ou Programa Jovem Pesquisador em Centros Emergentes.

Serviço

Interessados devem devem ser submeter propostas até o dia 31 de março de 2016, no Sistema de Apoio a Gestão (SAGe) da FAPESP, em: www.fapesp.br/sage.
Os resultados finais serão divulgados, a partir de 1 de julho de 2016, no portal da FAPESP e através de comunicado aos interessados.

Outras informações: www.fapesp.br/9823.
Sobre o Programa

O BIOTA-FAPESP envolve mais de 1.200 profissionais: 900 pesquisadores e estudantes das universidades paulistas, institutos de pesquisa e organizações não governamentais, 150 colaboradores de outros estados brasileiros e 80 do exterior. Além do avanço do conhecimento fundamental e aplicado sobre a caracterização, conservação e uso sustentável da biodiversidade do Estado de São Paulo, o programa contribui significativamente para a formação de recursos humanos altamente qualificados em pesquisa e desenvolvimento nessas áreas.



Uma resposta para “Chamada para o BIOTA Educação termina no dia 31”

  1. Fátima disse:

    Sou moradora de um bairro chamado Santa Monica que fica no Município de Guarapari/ES – Estou sendo testemunha de queimadas e cortes de árvores de pequenas áreas verdes dentro do centro urbano – gostaria de fazer alguma coisa para proteger esse verde e toda a vida que habita nele – lagartos de um metro de comprimento vem até meu quintal como que pedindo socorro – pergunto se é possível um trabalho com os alunos das escolas locais – um trabalho de levantamento e consciência do local onde moram, incluindo este verde tão vivo e tão ignorado e tão desrespeitado. Obrigada.Fátima

Deixe uma resposta