Biota/Fapesp firma parceria com projeto Ciência na Rua de divulgação científica

Érica Speglich / Boletim Biota Highlights | 29 de março de 2016

Proposta tem como foco a divulgação científica para o público jovem e conta com o envolvimento dos projetos participantes do Programa

Uma parceria recém firmada entre o Biota/Fapesp e o projeto abre um novo espaço de divulgação das pesquisas realizadas no âmbito do Programa: “o objetivo é levar as informações sobre o Programa Biota para um público mais aberto, mais amplo” explica a jornalista e pesquisadora Mariluce Moura, que idealizou e coordena a proposta. “Se as pessoas conhecem as mudanças climáticas é porque houve um grande plano de divulgação dessa discussão que perpassou jornais, revistas e, inclusive, cinema. A biodiversidade ainda precisa de um grande trabalho para chegar a um público mais amplo”.

A proposta central do projeto Ciência na Rua é fazer com que as notícias sobre ciência de qualidade cheguem na forma de humor para jovens de 14 a 25 anos e tem como objetivo fazer com que os jovens se interessem pelas discussões e temáticas da ciência além de também visa sensibilizá-los para um interesse maior em produzir ciência.

Despertar o interesse do público jovem pela ciência é uma das questões que sempre permeou o trabalho de Mariluce – responsável pelo lançamento e consolidação da revista Pesquisa Fapesp, na qual trabalhou como editora chefe entre os anos de 1999 e 2014. Uma das aposta deste projeto é na relação entre empreendedorismo e ciência, sempre tendo o humor como ferramenta fundamental.

“Temos como foco tratar com humor tudo o que for possível de ser tratado dessa maneira. É claro que nem todos os assuntos e questões podem ser abordados desta forma, então quando não for possível utilizá-lo, encontraremos outros caminhos”, explica Mariluce. Os podcasts “Ciência no Elevador”, produzidos no Ciência na Rua, são um ótimo exemplo de como temas científicos e atuais podem ser tratados simultaneamente com humor e profundidade.

O Ciência na Rua possui agora um espaço especial para o Programa Biota em sua página e nas redes sociais pois estas são, segundo Mariluce, “grandes aliadas quando temos o público jovem como alvo, a performance de um vídeo, quando publicado diretamente nas redes sociais, é muito maior do que quando o colocamos numa página e depois compartilhamos apenas o link e são essas potencialidades que estamos utilizando nesta primeira fase do projeto”.

“Temos interesse em receber informações diretamente dos projetos vinculados ao Biota/Fapesp” ressalta Mariluce, “o pesquisador concluiu um projeto ou tem algum resultado interessante, pode nos mandar esses resultados na sua própria linguagem e nós fazemos o trabalho de edição para a divulgação e para que fique dentro da proposta do Ciência na Rua”. Ou seja, a ideia é que os pesquisadores mandem os materiais que possuem, aquilo com o que estão trabalhando. A meta é ter notícias todos os dias, num formato, tamanho e velocidade das redes sociais: notícias rápidas, bem humoradas e direto ao ponto que chamem a atenção para a temática da biodiversidade e para o Programa Biota.

Neste momento, o Ciência na Rua está em sua primeira fase de implantação, que é virtual. O primeiro patrocinador é o Programa Biota/Fapesp mas a meta é ter 6 a 10 patrocinadores diferentes como instituições de pesquisa, empresas e universidades para consolidar essa primeira fase e passar para as outras ideias como a produção de exposições, vídeos, games e, ainda, ter um tablóide impresso para distribuição nas ruas.

Formas de contato com o projeto Ciência na Rua

Site: http://ciencianarua.net

E-mails:
redacao@ciencianarua.net
contato@ciencianarua.net

Telefone:
(11) 3876 7005



2 respostas para “Biota/Fapesp firma parceria com projeto Ciência na Rua de divulgação científica”

  1. Vera Moura disse:

    Parabens, Marluce. Esse e’ um projeto fascinante.

Deixe uma resposta