Autor: Mariluce Moura

Alexander Birbrair, 29 anos, cumpre um percurso inspirador da Universidade de Santa Cruz, em Ilhéus, Bahia, à capa da Science

Alexander Birbrair considera um sonho para qualquer cientista “ter um trabalho mencionado ou publicado na Science”, revista da Associação Americana para o Progresso da Ciência. Afinal, em seu olhar e no de grande número de colegas, trata-se “da mais prestigiosa revista de ciência do mundo”. Há quem discorde: para alguns, mais importante seria a britânica Nature. E, sonho por sonho, protestam essas vozes do contra, não há o que se compare ao quase inatingível Nobel, o grande galardão do campo científico. Mas venham de irônicos ou céticos, opiniões em tom blasé nem de longe vão turvar a alegria genuína...

Leia Mais

Um documento contundente e perturbador sobre o lugar reservado ao negro na sociedade americana (…e na brasileira?)

Há um substantivo – lacuna — que Ta-Nehisi Coates deixa na sombra no título de seu livro, Entre o mundo e eu, recém-lançado em português, apenas cinco meses depois da publicação do original em inglês, Between the World and me. Mas o termo aparece logo nas primeiras linhas de seu estupendo relato. E pode também ser substituído por brecha, ou falha, sinônimos a que recorre para voltar algumas vezes ao conceito no decorrer de sua extraordinária reflexão sobre a experiência de ser negro hoje nos Estados Unidos, elaborada sob a forma de uma carta ao filho de 15 anos....

Leia Mais

Luz no fim do túnel: primeiro o Butantan, depois a Sanofi Pasteur, abrem expectativas para vacinas contra zika sem muita demora

© Paulo Caruso   O diretor do Instituto Butantan, Jorge Kalil, abriu uma brecha nos prognósticos sombrios sobre as síndromes neurológicas associadas ao zika vírus, inclusive microcefalia, quando soltou no programa Roda Viva da Tevê Cultura, na segunda feira à noite, essa indagação: “quem sabe, dentro de um ano tenhamos uma vacina pentavalente?”. Kalil explicava que a vacina contra dengue elaborada pelo Butantan, agora iniciando a fase 3 de desenvolvimento, ou seja, os testes clínicos em 17 mil pessoas no Brasil inteiro, depois dos necessários experimentos em camundongos, macacos e em um número limitado de pessoas, é polivalente. Isso...

Leia Mais

Ciclo de debates na UFBA ofereceu contribuição fundamental à compreensão da crise política

Salão nobre lotado, aplausos intermináveis e, uma ou duas vezes, vaias também, marcaram na sexta feira, 8 de abril, o quinto e último dia do ciclo de palestras “Crise e democracia”, promovido pela reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), com apoio do DCE, Apub e Assufba (respectivamente, Diretório Central dos Estudantes, Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia e Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Universidades Públicas Federais do Estado da Bahia). Com 20 palestrantes, 14 dos quais convidados de outros estados, entre filósofos, sociólogos, cientistas políticos, economistas, líderes de instituições sindicais e...

Leia Mais