Autor: Elisa Marconi

Tubarão sente cócegas?

Na semana passada, o Ciência na rua publicou uma nota informando que o pesquisador alemão Michael Brecht, ganhador do renomado prêmio Leibniz, estará aqui no Brasil para ministrar palestras sobre os circuitos neurais do toque físico, que desembocam, por exemplo, nas cócegas e no consequente riso. A matéria completa está aqui. Acontece que, para ilustrar a nota, usamos este meme: Foi postar que as perguntas começaram a chegar: este tubarão é de verdade? Tubarões sentem cócegas mesmo? Como somos muito curiosos por aqui, fomos atrás de um especialista em tubarões para esclarecer a situação. O biólogo Ricardo Garla, doutor...

Leia Mais

Adolescentes experimentam game sobre usos conscientes da água

Em meados de março, a Universidade Estadual Paulista (UNESP) anunciou que uma equipe de professores e pesquisadores levaria ao Fórum Mundial da Água, realizado nos dias 21 a 23, em Brasília, o jogo digital Aventuras nas águas. O game trata de cuidados e sustentabilidade no uso das águas e, de quebra, aborda doenças transmitidas por água contaminada, poluição e equívocos que gente comum comete no manejo da água. Com três fases distintas, o jogo é costurado por histórias em quadrinho com personagens inventados só para essa finalidade. O público de Aventura nas águas é parecido com o do Ciência...

Leia Mais

Projeto Cosmos, da Amazônia para o espaço sideral

Sair da caixa, ir além dos livros, olhar para o céu e ganhar o mundo. Esses são os objetivos nada modestos dos voluntários do Projeto Cosmos para os estudantes do ensino médio de escolas públicas de Manaus. A iniciativa, tocada por estudantes universitários – em sua maioria do curso de Física da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) – leva astronomia e ciências para as escolas, já conta com o apoio da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e foi uma das selecionadas para ser apresentada durante o 2º Simpósio em Atividades de Educação Espacial, que acontece entre 11...

Leia Mais

Pesquisa propõe relação entre estar motivado e aprender Química no ensino médio

A imagem de abertura foi feito pela menina Vasilia Christidou, para o projeto “Desenhe um cientista”, da revista Child development Acordar cedo, se arrumar e partir para a escola. Na sala de aula, aprender sobre elementos, tabela periódica, mol e balanceamento de equações. Quanto estar motivado influencia no aprendizado de Química? Essa foi a pergunta motivadora que levou a pesquisadora Marciana Catanho produzir a dissertação Relações entre motivação e aprendizagem no ensino de Química, defendida na sexta-feira, 23 de março, no programa de pós-graduação em Ensino e Processos Formativos, da Universidade Estadual Paulista (UNESP), de São José do Rio Preto. Marciana...

Leia Mais

Poeira de estrela, Stephen Hawking morre aos 76 anos

Pouco antes de morrer, em 1955, o físico Albert Einstein, pai da Teoria da Relatividade, entre outras proezas, era reconhecido na rua e apontado por jovens e velhos. A notoriedade do velho cientista respondia a uma fórmula inédita até então: ciência de alto impacto somada a empatia de seu principal personagem. Como um desses fenômenos raros, a fórmula se repetiu outra vez anos mais adiante, mas ainda circunscrita ao enigmático e sedutor mundo da física. A partir dos anos 1960, pouco depois da morte de Einstein, portanto, um jovenzinho começou a chamar a atenção da comunidade científica. Primeiro, em...

Leia Mais