Autor: Elisa Marconi

Gigantesco número primo descoberto tem mais de 23 milhões de dígitos

Se você acha que tem dificuldades com a matemática, que não é bom em contas de cabeça com números grandes ou se arrepia para saber se um número é divisível por outro, seus problemas aumentaram. Um engenheiro elétrico norte-americano chamado Jonathan Pace, descobriu o maior número primo conhecido até o momento. O tal número tem mais de 23 milhões de dígitos. Sim, um número com mais de 23 milhões de dígitos e que só pode ser dividido por ele mesmo, ou por 1. Vamos lá, você lembra o que são números primos, certo? São aqueles que só podem ser divididos por...

Leia Mais

Comédia da vida selvagem

O concurso de fotografia mais divertido do mundo se chama The comedy wildlife e é promovido por uma iniciativa de mesmo nome. A cada ano, os organizadores do prêmio recebem milhares de fotos engraçadas envolvendo animais e o mundo natural. Na edição de 2017, o concurso recebeu 3500 fotos de 86 países. Um recorde, comemora Paul Joynson-Hicks, um dos fundadores do prêmio e também um dos juízes. Além disso, o aumento do número de participantes elevou o nível das fotos e foi bem mais difícil escolher as vencedores. À medida que você for passando as fotos na galeria que...

Leia Mais

Brinquedos bem guardados e só encontrados 4,5 mil anos depois

Exausta, depois de pisar em pecinhas coloridas e espalhadas pela casa, a mãe dá um berro de responsa: “Guarde imediatamente esses brinquedos. Agora, fulano!”. A criança se assusta ~ para que tanta irritação afinal? ~ e, meio emburrada, promete a si mesmo guardar tão bem, mas tão bem guardado que ninguém mais vai incomodá-la. Depois, volta a brincar tranquila. Corta, avança 4,5 mil anos na História e, finalmente, um grupo de cientistas russos encontra os tais brinquedos muito bem escondidos. Um boneco feito de pedra sabão e uma cabeça de animal, um cavalo, um dragão ou algo parecido, entalhado...

Leia Mais

Das nuvens ao satélite: obsessão de prever o tempo ganha novo aliado

Já ouviu falar no SOS Chuva? Não. Então acompanhe. Nem existia o elevador no mundo e as conversas sobre se vai chover ou não já rondavam os antigos. Mais do que puxar papo para evitar o silêncio, os fenícios, gregos, egípcios e tal precisavam ter alguma noção do clima para saber se plantavam, se colhiam, se esperavam tempos melhores. Para atender à necessidade, os povos foram dando seus jeitos, inventando técnicas e, por que não, fazendo ciência. Observavam os fenômenos como o vento, o nascer e o pôr do sol, e o comportamento dos animais. Uma exposição realizada no...

Leia Mais

Cientista japonês inventa vidro que se regenera depois de quebrado

O cientista japonês Yu Yanagisawa pesquisava adesivos que pudessem ser usados em superfícies molhadas, mas a investigação tomou um rumo inesperado e ele acabou desenvolvendo, sem querer mesmo, um tipo de vidro que se regenera quando os cacos são moldados. Em outras palavras, o químico Yanagisawa inventou um vidro que se conserta sozinho depois de quebrado. O feito abre uma avenida para o desenvolvimento de materiais bem resistentes, o que seria bem útil para produtos como janelas de carros, materiais de construção, aquários, e, principalmente, telas de celular que insistem em espatifar quando caem no chão. Em seu laboratório...

Leia Mais