Autor: Elisa Marconi

Galeria: conheça as espécies encontradas nas escavações em Curitiba

Essas são as imagens produzidas pelos pesquisadores do consórcio que encontrou e divulgou os fósseis em Curitiba. O grupo coordenado pelos paleontólogos Fernando A. Sedor do Museu de Ciências Naturais (SCB-UFPR) e Eliseu Vieira Dias da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) encontrou fósseis de invertebrados, peixes, anfíbios, répteis e mamíferos extintos nos arredores de Curitiba, no Paraná. A formação geológica que abriga essa riqueza se chama Guabirotuba e fica bem na divisa entre Curitiba e Araucária. Em breve, as imagens e os fósseis mesmo, poderão ser vistos de perto por estudantes e pesquisadores do Brasil. Lá na...

Leia Mais

Nos fósseis de Curitiba, a memória do planeta

Há algumas semanas, a imprensa do Paraná vem noticiando um feito, no mínimo, importante para a ciência e para a memória do planeta. Um grupo de cientistas coordenados pelos paleontólogos Fernando A. Sedor do Museu de Ciências Naturais (SCB-UFPR) e Eliseu Vieira Dias da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) encontrou fósseis de invertebrados, peixes, anfíbios, répteis e mamíferos extintos nos arredores de Curitiba, no Paraná. A formação geológica que abriga essa riqueza se chama Guabirotuba e fica bem na divisa entre Curitiba e Araucária.   De imediato, a pesquisa traz duas grandes novidades. A primeira é que...

Leia Mais

Fim de semana com programação especial em São Paulo celebra e discute a luz

O ano de 2015 foi escolhido pela Unesco, braço da Organização das Nações Unidas (ONU) que trata de educação e cultura, como o Ano Internacional da Luz. Iniciativas assim têm como objetivo chamar a atenção do público para temas da ciência que impactam diretamente a vida cotidiana. Nos balanços da Unesco, o Ano Internacional da Luz – que reuniu eventos e discussões sobre o direito à luz, a produção de energia limpa e o acesso aos benefícios da iluminação pela população – foi um sucesso. E, para que esse movimento não se esvaziasse, nem se perdesse com o tempo,...

Leia Mais

Pint of Science: vai começar o maior festival de papo de ciência na mesa do bar

  Estamos a alguns dias do maior festival mundial de papo de ciência no boteco. Dia 14 de maio começa em 52 cidades do Brasil o Pint of Science – um brinde à ciência. No Brasil, o evento começou em 2015, unicamente na cidade de São Carlos. Em 2016 alcançou sete municípios, em 2017 chegou a 22 cidades e em 2018 haverá encontros entre cientistas e cidadãos comuns em 56 cidades da região norte à sul, de Macapá a Porto Alegre. A ideia é trazer temas inquietantes e divertidos que, normalmente só são tratados nas bancadas dos laboratórios, para...

Leia Mais

Tubarão sente cócegas?

Na semana passada, o Ciência na rua publicou uma nota informando que o pesquisador alemão Michael Brecht, ganhador do renomado prêmio Leibniz, estará aqui no Brasil para ministrar palestras sobre os circuitos neurais do toque físico, que desembocam, por exemplo, nas cócegas e no consequente riso. A matéria completa está aqui. Acontece que, para ilustrar a nota, usamos este meme: Foi postar que as perguntas começaram a chegar: este tubarão é de verdade? Tubarões sentem cócegas mesmo? Como somos muito curiosos por aqui, fomos atrás de um especialista em tubarões para esclarecer a situação. O biólogo Ricardo Garla, doutor...

Leia Mais