Autor: Ciência na rua

O Aedes e seus efeitos no olhar de Cau Gomez

  C A U G O M E Z, 43 anos, mineiro de Belo Horizonte, por mais de duas décadas, trabalhou como artista gráfico e visual, caricaturista e ilustrador nas principais agências de propaganda e veículos impressos de comunicação do Brasil: Estado de São Paulo, Jornal do Brasil, revista Playboy, dentre outros. Radicado na Bahia, atualmente publica charges e ilustrações no jornal A Tarde em Salvador, colabora com as revistas Gráfica Magazine e Courrier International, na França. Conquistou mais de 50 premiações em diversos Festivais e Salões de Humor no Brasil e no exterior. Dentre eles, destaque para os...

Leia Mais

Primeira aula de jornalismo científico

Em começo de semestre letivo, mergulhado na elaboração de propostas pedagógicas, resgatando pastas, fichas, anotações e papéis rabiscados e até amarelados e selecionando novas leituras a sugerir aos estudantes, tarefas sempre instigantes, acabo de me lembrar como a primeira aula da disciplina “Jornalismo Científico” é invariavelmente marcada por turbilhão de estranhamentos e por divertido jogo de convencimentos. Alunos voltando das férias, a natural preguiça ainda presente, os olhares pouco receptivos e de evidente desejo de pular na jugular do professor – ‘caraca, achei que tinha deixado a Matemática e a Física no ensino médio, e lá vem o Chico...

Leia Mais

Como organizar a resistência

Um programa econômico alternativo É possível, além de derrotar a contraofensiva conservadora, criar as condições para uma ofensiva da esquerda? Sim, se no mais curto prazo de tempo o PT mudar de estratégia e o governo alterar sua política econômica. Precisamos de unidade para derrotar a direita. Mas na esquerda brasileira continuarão existindo diferentes análises, programas, estratégias e táticas – o que não constitui um obstáculo intransponível, ou seja, não impede nosso êxito em defender e ampliar os direitos sociais, as liberdades democráticas, a soberania nacional e a integração regional. Nem impede a luta pelo socialismo. Precisamos de unidade...

Leia Mais

Especialista mostra como se traveste um golpe em ato legal

Mais um dia de debates do ciclo Crise e Democracia ocorreu em Salvador, na noite desta quinta-feira (7). Na reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), o quarto e penúltimo dia do encontro reuniu estudantes, professores e técnico-administrativos. Na mesa – mediada pela pró-reitora de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil da universidade, Cássia Virgínia Maciel-, quatro pessoas da comunidade acadêmica ou ligadas à militância política expuseram os pontos de vista sobre a atual situação política brasileira. Antes da abertura da mesa-redonda, o reitor da instituição, João Carlos Salles, fez uma crítica à recomendação do Ministério Público Federal (MPF) à...

Leia Mais

O amanhã e o depois de amanhã

Podemos especular e brigar à vontade, falar contra ou a favor do impeachment, considerá-lo um “golpe” ou um procedimento institucional, mas não deveríamos deixar de reconhecer o fundamental: seja qual for o desfecho da crise, pouca coisa mudará. A menos no curto e médio prazo, a crise irá se reproduzir e se estender. O país está engessado, sem muitas opções. Está carente de estadistas e de lideranças consistentes, sem cultura democrática sedimentada. O ambiente político está envenenado, não há clima de diálogo e entendimento ampliado. Nem sequer a correlação de forças joga a favor de uma mudança substantiva, justamente...

Leia Mais