Autor: Ciência na rua

Imperial College terá laboratórios colaborativos com RCGI

Agência FAPESP – Uma comitiva do Imperial College London, composta por quatro pessoas, visitou o Centro de Pesquisa de Inovação em Gás (RCGI). A visita teve como objetivo discutir possibilidades de colaboração conjunta e a instalação de laboratórios que possam ser operados conjuntamente. O RCGI é financiado por FAPESP e Shell e tem sede no Departamento de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica (Poli) da USP. “Além de ter laboratórios que se complementem, poderemos enviar estudantes para o Imperial e receber alunos de lá”, disse o professor Cláudio Oller do Nascimento, um dos coordenadores do programa de Físico-Química do RCGI....

Leia Mais

Ritmo certo no judô traz conquistas, ritmo errado na zumba provoca risadas

Dona Claudine se matriculou numa aula nova na academia da terceira idade. Para ela, a novidade trouxe dor nas costas. Para os ouvintes, boas risadas. Enquanto pega uma carona no elevador, a velhinha vai entender que o ritmo é um fator determinante nas modalidades esportivas. O professor Emerson Franchini, da Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (USP), estuda justamente o ritmo, chamado tecnicamente de pacing, no treinamento do judô. Franchini defende que nos treinamentos, os judocas realizam simulações de luta em diferentes condições que podem afetar o pacing. A velocidade dos ataques e a...

Leia Mais

Rede de pesquisa em queijos artesanais brasileiros é lançada

Elton Alisson | Agência FAPESP – Na Serra da Canastra, no sudoeste de Minas Gerais, centenas de pequenos agricultores familiares vivem da fabricação de um queijo que leva o nome da região e que se tornou célebre por seu sabor, textura e aroma. Primo distante do queijo de São Jorge, da região portuguesa de Açores, trazido por imigrantes durante o ciclo do ouro no Brasil, o queijo canastra é produzido de forma tradicional há mais de 200 anos e de maneira empírica (por tentativa e erro) usando leite cru e o “pingo” – um tipo de fermento biológico composto...

Leia Mais

Cientistas baianos em defesa da ciência no 2 de Julho

Professores e pesquisadores de universidades baianas participaram dos festejos do 2 de Julho se manifestando contra a situação crítica de subfinanciamento que vive a área em todo o país, em especial na Bahia. A data marca a vitória brasileira contra os portugueses na luta pela independência, em 1823. Dezenas de pessoas da comunidade científica local se concentraram na Lapinha, local de saída do desfile oficial. A iniciativa foi proposta pela Academia de Ciências da Bahia e organizada em conjunto com as universidades públicas federais e estaduais. Participaram a Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia...

Leia Mais

Fogão solar, assim D. Claudine para de cozinhar de um jeito estranho

Revoltada com o preço do botijão de gás, dona Claudine inventa um novo jeito de fazer misto quente. A sorte é que Elisa conheceu um projeto desenvolvido na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN): um fogão solar, que capta a energia do sol e permite cozinhar os alimentos sem perigo. O protótipo foi desenvolvido pela equipe do laboratório de máquinas hidráulicas do curso de Engenharia Mecânica, coordenado pelo professor Luiz Guilherme Meira de Souza. O equipamento custaria no mercado R$150, o preço de duas cargas de botijão de gás, e mais nada para...

Leia Mais