Autor: Ciência na rua

Jararaca gigante versus Vizinha cobra

O Parque do Estado, em São Paulo, foi o palco de um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e do Instituto Butantan. Os cientistas descobriram que ali vivem jararacas gigantes, 50% maiores que as cobras comuns da mesma espécie. Liderada pelo biólogo Lucas Henrique Carvalho Siqueira, da Unesp de São José do Rio Preto, a pesquisa buscou entender por que as cobras do Parque são tão maiores. Além disso, o estudo inspirou Dona Claudine a procurar uma armadilha para capturar a vizinha do apartamento 2B que, segundo a velhinha, é uma serpente que dá em cima...

Leia Mais

Três pesquisadores ganham o Nobel de física

O Instituto Karolinska anunciou hoje os vencedores do Prêmio Nobel de Física de 2018: Arthur Ashkin, Gérard Mourou e Donna Strickland, por invenções inovadoras no campo da física dos lasers. Ashkin, um norte-americano de 96 anos, levou metade do prêmio de 9 milhões de coroas suecas por ter criado pinças ópticas com vasta aplicação em sistemas biológicos. Strickland, canadense, 59 anos, e Mourou, francês, 74, dividiram a outra metade por terem criado um método de gerar pulsos ópticos ultracurtos de alta intensidade. As pinças ópticas criadas por Ahskin podem pegar partículas, átomos, além de vírus e outras células vivas....

Leia Mais

Nobel de medicina vai para descobertas de imunoterapia contra câncer

A assembleia do Nobel no Instituto Karolinska decidiu hoje conceder conjuntamente ao norte americano James P. Allison e ao japonês Tasuku Honjo o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 2018, por suas fundamentais contribuições científicas à imunoterapia contra o câncer que, de acordo com a própria instituição, compõe agora o quarto pilar no tratamento contemporâneo da doença, ao lado da cirurgia, da quimioterapia e da radiologia. Os achados de Allison e de Honjo visam basicamente a estimular ou recuperar a capacidade de nosso sistema imunológico atacar as células tumorais, uma abordagem nova na terapia do câncer, causa da morte...

Leia Mais

Cientistas começam a decifrar o código inca dos quipos

Os quipos são conjuntos de cordas e fibras coloridas com diferentes nós utilizados pelos incas para registrar informações, números e provavelmente narrativas. Uma reportagem publicada na revista Newscientist na semana passada traz um panorama amplo a respeito dos estudos que buscam desvendar o sistema em que são baseados e as últimas e excitantes descobertas sobre o assunto. A civilização inca tinha 10 milhões de habitantes e um sistema administrativo complexo. O poder central ficava em Cusco (no atual Peru) mas as diferentes províncias tinham um certo nível de autonomia. Para fazer o sistema funcionar, eram realizados censos, inventários e...

Leia Mais

Alô, polícia? D. Claudine quer denunciar tráfico de animais silvestres!

Dona Claudine quer fazer uma denúncia: acha que uma vizinha abriga pássaros silvestres conseguidos no contrabando. Enquanto dissuade a velhinha de chamar a polícia, Elisa mostra a ela o livro do pesquisador Felipe Ferreira Vander Velden, professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) que acaba de ser lançado. Joias da Floresta: antropologia do tráfico de animais, foi publicado pela EdUFSCar e trata justamente do tráfico de animais silvestres. Ouça...

Leia Mais